TINY HOUSE: MAIS DO QUE UMA MINI CASA, UM ESTILO DE VIDA

De quanto espaço você precisa para viver? Pergunta cada vez mais frequente entre pessoas de qualquer idade que não querem investir em casas supervalorizadas ou ficar presas a financiamentos imobiliários por longos anos. As Tiny Houses (Mini Casas ou Casas Minúscula) surgem como uma nova opção de moradia.

O conceito surgiu nos Estados Unidos no final dos anos 90, e teve seu maior crescimento desde a crise que causou a bolha imobiliária no País, em 2007. Como alternativa ao alto custo dos imóveis, principalmente nos grandes centros urbanos, o movimento tiny house cresce em decorrência da necessidade em simplificar a vida, diminuir custos, liquidar dívidas e reduzir o impacto ambiental.

mini casas sobre rodas

Com até 38m2, elas podem ser construídas sobre rodas, proporcionando liberdade e redução dos impostos. Sua construção segue os métodos tradicionais das construções Norte Americanas, a estrutura pode ser construída em Steel Frame ou Wood Frame. Os acabamentos interno e externo são feitos em madeira, tem janelas e portas com alta capacidade de isolamento térmico. O objetivo é ter uma casa organizada e funcional, aproveitando os espaços de forma inteligente, com móveis planejados e multifuncionais, como por exemplo as famosas escadas armários.  A redução do espaço leva os moradores a terem maior consciência sobre o que realmente é essencial, e a praticar o consumo consciente. Podem ser equipadas com energia solar, reaproveitamento de água da chuva e privada seca, o que as aproxima do conceito de casa sustentável.

mini casas sobre rodas

 

Moradores e entusiastas apontam como os principais benefícios de se morar em uma tiny house:

- Baixo custo: o espaço reduzido e construído com eficiência faz com que contas básicas como água e luz cheguem a ser 90% menores do que em uma casa de tamanho tradicional;

- Mais tempo livre: bastam apenas 30 minutos por semana para limpar e organizar toda a casa;

- Maior contato com a natureza e comunidade: estimula o contato com o seu entorno e a ciência já comprovou que uma vida ao ar livre e em convívio social alivia o estresse, melhora a memória, recupera a energia mental e aumenta a criatividade.

Embora a metragem seja reduzida, os valores de construção de uma tiny house podem ser mais altos do que imaginamos, considerando o número de janelas e a necessidade de móveis planejados sob medida. Valor este que acaba sendo diluído no decorrer do tempo, já que para os custos básicos de moradia se reduzem drasticamente.

Morar numa tiny house também tem pontos negativos, em dias de chuvas ou muito frio fica difícil receber muitas visitas dentro de casa, arrumar a cama pode ser uma tarefa difícil devido a baixa altura dos lofts/quartos, e ela não oferece tanta flexibilidade para alteração de estrutura.

mini casas sobre rodas

Uma realidade no Canadá, Austrália, Nova Zelândia e na Europa, as tiny houses começam a surgir em países da América do Sul como o Brasil, país com grande déficit habitacional e alto custo de moradia, mesmo sendo tudo muito novo, o número de entusiastas vem crescendo. Diferente dos EUA onde as cidades tem metragens mínimas de construção das residências e onde não é permitido ao cidadão residir em tempo integral em uma casa sobre rodas, no Brasil apenas condomínios fechados tem exigência de metragem mínima, e as leis do país permitem que o cidadão more em tempo integral em casas sobre rodas. Embora o conceito tiny house ainda seja muito confundido com o de Trailers e Motorhomes, ou mesmo de Casas Containers, a mídia e projetos no País tem difundido o movimento que surge como uma alternativa de moradia e como uma nova oportunidade de empreender na área.

Artigo escrito especialmente para a Revista Master of Simplicity - edição de Setembro/Outubro de 2018. Clique no link para assinar a revista e acompanhar histórias surpreendentes e aprender mais sobre o estilo de vida minimalista.

Veja como foi nossa estadia em duas tiny houses que nos convenceram de vez a construir a nossa, a Tiny House Tampa e a Tiny House da Orlando Lakefront Community.

Siga nossos Pés Descalços

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial