A FAMÍLIA QUE LARGOU TUDO PARA CONSTRUIR SUA MINI CASA SOBRE RODAS

Conheça a história da família que vendeu a casa, deixou os empregos e a cidade de São Paulo para realizar o sonho de construir e morar em uma Tiny House (Mini Casa) sobre rodas, em busca de uma vida mais simples e em contato com a natureza.

Com a evolução tecnológica, o aumento da cobrança por metas e resultados financeiros, e uma crescente pressão da sociedade sobre um padrão de vida baseado no ter, cada vez mais pessoas estão ficando cansadas, estressadas e doentes. E isso tem levado muitos a refletir se essa é mesmo a vida que querem ter.

Nós mesmos passamos por muitas reflexões nos últimos anos e que nos levaram a fazer grandes mudanças nas nossas vidas. Passamos por muitos momentos de questionamentos sobre as nossas profissões e principalmente sobre o modo como usufruíamos do nosso tempo.

Quanto tempo nós temos na vida? Você já parou para pensar quanto tempo da nossa vida nós passamos fazendo coisas que não gostamos?

Ou quanto tempo nós deixamos de estar com as pessoas que não gostamos, ou deixamos de fazer algo para nós mesmos?

Percebemos que de certa forma, tínhamos nos tornado prisioneiros da vida que estávamos construindo. A vida baseada no ter, na posse de bens materiais, nas longas horas de trabalho, na pouca vida social e pouco tempo livre.

 

 

Tudo começou com os diagnósticos de Síndrome de Burnout que recebemos em 2013, e com o início da prática da Yoga como parte importante do tratamento contra o stress.

Passamos e ter mais cuidado com a saúde, dar preferência aos alimentos orgânicos e ter mais consciência sobre nossa alimentação e sobre a compra de produtos industrializados!

Nossos valores mudaram, as prioridades mudaram.

 

 

Acreditando que o Universo conspira a favor, a vida trouxe para perto de nós os mais diferentes tipos de pessoas. Os que usam fraldas de pano, os adeptos dos produtos naturais de higiene e limpeza, os veganos, os vegetarianos e os crudíveros. Os que acreditam na fitoterapia, na meditação e/ou nos rituais xamânicos como forma de tratamento e cura do corpo e da alma. O que antes para nós parecia radicalismo, virou uma oportunidade continua de aprendizado e admiração.

Passamos a colocar em prática os novos conhecimentos, a experimentar, e vimos os benefícios no nosso corpo e mente. Inspirados por esse novo modo de vida muitos amigos e familiares nos sugeriram criar um blog, um canal, ou outro meio de compartilhar esse conhecimento. E assim nasceu o projeto Pés Descalços, como o objetivo de unir o máximo de informações e experiências possíveis, sobre uma vida mais livre, mais simples e com mais significado.

O ponto de partida foi a descoberta do Minimalismo como forma de vida, e a crescente paixão pelas Tiny Houses sobre rodas. Fomos até a sua origem conhecer de perto moradores, comunidades, fabricantes, defensores do Movimento e percebemos que não é apenas sobre uma mini casa, mas todo o estilo de vida que ela traz junto. Se você ainda não sabe como e onde as Tiny Houses surgiram, veja aqui um post que fizemos sobre a história delas. 

Certos de que esse pode ser o caminho pelo qual muitos aqui no Brasil anseiam, nos tornamos divulgadores e defensores do Movimento Tiny House aqui no país. Estamos construindo nossa Tiny House sobre rodas e assim que ela for homologada junto ao Inmetro e Denatran (órgãos responsáveis pela aprovação de novos veículos), vamos rodar o país e levá-la até vocês!

 

 

Junte-se a nós! Comente, compartilhe, divulgue. Seja bem vindo ao Pés Descalços.

Siga nossos Pés Descalços

Posts Relacionados

4 Comments to “ PROJETO PÉS DESCALÇOS – A FAMÍLIA QUE LARGOU TUDO PARA CONSTRUIR SUA MINI CASA SOBRE RODAS”

  1. Muito bacana, já acompanho vcs desde o ano passado. Em 2013 também tive diagnóstico de Burnout e Depressão, desde então sinto necessidade de mudar. Quero transformar minha vida em uma vida simples, vou passar da leitura e admiração para a prática efetiva. Vocês vão me ajudar muito. Abs

    1. Pés Descalços says :Responder

      Oi Daniel, seja muito bem vindo! É um processo de redefinição do que é importante, do que realmente vale a pena. Uma das primeiras recomendações da nossa Psiquiatra foi a prática de Yoga, nos ajudou muito a encontrar o equilíbrio e a nos conhecer melhor. Conte conosco para o que precisar. Abs

  2. juvenal guido says :Responder

    Ola….
    Somos um trio de veganos…Eu, Minah, minha esposa Marcela e, nosso filho Samadhi.
    Conheci Marcela pelo antigo orkut e, o msn….
    Estudei acupuntura em uma cidade chinesa…
    Nós que fizemos o parto do Samadhi…Ele nasceu em uma ecovila de parto de cócoras. Cortei o cordão somente depois que o pulmão abriu melhor.
    Me familiarizei com agricultura orgânica, agroflorestas, construção natural…permacultura.
    Marcela no momento trabalha com bolsas reciclaveis…Ganha pouco.
    Trabalho em um supermercado, assando pães e, pretendo fazer um curso de crudivorismo pois, me tornei crudivoro.

    Tenho muita história para contar…

    Estou fazendo yoga para em seguida dar aulas…

    1. Pés Descalços says :Responder

      Sejam muito bem vindos ao Pés Descalços, uma honra ter vocês conosco. Que vida fantástica que vocês tem! Gratidão pelo contato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial