O MOVIMENTO TINY HOUSE INSPIRANDO NOVAS GERAÇÕES

Ao redor do mundo o Movimento Tiny House cresce cada dia mais, são pessoas das mais diversas idades e profissões que buscam esse estilo de vida. Grande parte dos adeptos são jovens solteiros ou casais, mas também vemos casais maduros que com a saída dos filhos viram a casa ficar cada vez maior.

Mas também vemos cada vez mais as famílias fazerem essa transição, principalmente as que tem filhos pequenos e encontram nas Mini Casas e nesse modo de viver, a oportunidade de reduzir os seus custos e de ter mais tempo pra desfrutar dos filhos e da companhia um do outro.

Aqui no Pés Descalços nós acompanhamos muitas dessas histórias e vamos trazer pra vocês cada vez mais histórias inspiradoras.

Hoje queremos contar a história da Joana, uma menina de 8 anos que já está sendo inspirada por esse estilo de vida. Ela, a irmã caçula e os Pais são fãs da série do Netflix Movimento Tiny House, e acompanham o processo de construção da nossa Mini Casa.

“Hoje a família acompanha o seriado pela Netflix e ficamos imaginando como seria o projeto da nossa Tiny House, quem sabe um dia tomamos coragem.” Conta o Samuel, Pai da Joana.

Ele entrou em contato conosco contando que sua filha fez uma maquete de Tiny House para um trabalho de escola. E depois de ver as fotos e saber um pouco mais sobre essa história, é claro que pedi autorização a eles pra compartilhar com vocês.

A Joana aprendeu sobre habitações humanas na escola este ano, e uma das professoras propôs um trabalho em que as crianças fariam maquetes de diferentes habitações, entre as opções estavam Iglu, Cabana e Palafita. Conversando com os Pais sobre as opções e sobre o que seria o trabalho dela, eles lembraram das Tiny Houses e a Joana adorou a idéia. Ela então explicou sobre essa opção de moradia para a professora, que concordou que a sua maquete fosse de uma Mini Casa sobre rodas.

Claro que foi uma super novidade e fez o maior sucesso, nenhuma criança do colégio conhecia sobre as Tiny Houses.

O Samuel, Pai da Joana, conta que eles se inspiraram em alguns modelos que viram na internet. Ele fez a base de madeira e as rodinhas e ajudou com os recortes de papelão com o estilete e com a aplicação da cola quente. “Toda a família contribui para o projeto, mas todas as decisões de como seria foram da Joana.”

E aqui ele conta um pouco mais da história dessa família que adotou o Estilo de Vida Minimalista e sonha com a Tiny House deles.

“Eu acho que o nosso interesse pela Tiny House apareceu quando eu e minha esposa morávamos em um pequeno apartamento no Rio de Janeiro e um belo dia eu decidi começar a ser um minimalista, viver com menos coisas mesmo. Eu tinha uma estante lotada de livros, CDS e DVDs e muitas coisas e outros excessos. Decidimos começar a diminuir e perder menos tempo arrumando e começamos a tirar todo os excessos, gostamos muito do resultado. Ganhamos leveza, e continuamos passando esses valores para nossas filhas. Evitamos os excessos principalmente de brinquedos e objetos também para elas.

A três anos decidimos sair da cidade grande e ir morar no interior, em Teresópolis, região serrana do Rio de Janeiro. Conhecemos outras pessoas, outros estilos de vida e isso ajudou mais no nosso processo.

Navegando pela internet, conheci o movimento Tiny House e logo me identifiquei. Logo depois achei vocês no Facebook e me identifiquei com vocês e acompanhei o processo de construção da casa.”

Não ficou linda essa Tiny House? Quem se inspirou no projeto da Joana para desenhar a sua? Conta pra gente!

Imagens cedidas pela família

 

Imagens cedidas pela família

 

Imagens cedidas pela família

 

Imagens cedidas pela família

 

Imagens cedidas pela familia

 

maquete mini casa sobre rodas

Joana e sua Tiny House (Imagens cedidas pela família)

 

Família completo. Da esquerda para a direita: a caçula Clarice, a mãe Jannaina, Joana e o pai Samuel (imagens cedidas pela família)

 

 

Siga nossos Pés Descalços

Posts Relacionados

2 Comments to “ O MOVIMENTO TINY HOUSE INSPIRANDO NOVAS GERAÇÕES”

  1. Miriam Fonseca da silva says :Responder

    Gostei da matéria sou avó da Joana e sempre juntos na época dos filhos pequenos sempre acampados acerca muito bom saia da rotina de organização da casa essa ideia sempre nos Companhou bela matéria

    1. Pés Descalços says :Responder

      Muito obrigada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOP
Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial