fbpx

NOS SEPARAMOS – O Pés Descalços vai acabar?

Estamos nos separando. O Pés Descalços vai acabar? O que vai acontecer com a gente?

Escrever este artigo não foi uma tarefa fácil ou leve, mas é uma etapa necessária e importante.

O pés descalços vai acabar

Como alguns de vocês podem ter percebido no título, é verdade: nós não somos mais um casal. A decisão de nos separarmos foi tomada há alguns meses, após muitas conversas e reflexões profundas. Apesar de ser uma escolha consciente e mútua, não foi uma decisão fácil.

Durante os 14 anos de nosso relacionamento, nós evoluímos – não apenas como casal, mas também individualmente. Estas mudanças, embora positivas, nos levaram a seguir caminhos um pouco diferentes.

O Pés Descalços vai acabar?

Olhando para trás, somos imensamente gratos por tudo que vivenciamos juntos. Como um grande amigo nosso disse, nossa família não acabou, ela simplesmente se transformou.

O pés descalços vai acabar

Embora não sejamos mais um casal, continuamos unidos como uma família, amigos, companheiros, sócios e pais. Continuaremos nossa jornada juntos no canal ‘Pés Descalços’ e em outras redes sociais.

Um bifurcação em nosso caminho como casal

Alguns podem questionar se as Tiny Houses influenciaram nossa decisão, mas posso assegurar que elas foram, na verdade, um fator positivo. As Tiny Houses nos ajudaram a fortalecer nosso relacionamento e a aprofundar nossos processos de autoconhecimento e inteligência emocional.

O pés descalços vai acabar

Nossa separação, na realidade, foi um processo gradual, influenciado ao longo dos anos pela Síndrome de Burnout. Sem perceber, estávamos naturalmente seguindo caminhos diferentes, o que é comum em muitos relacionamentos, sejam eles amorosos, de amizade ou profissionais.

Foram 14 anos de companheirismo, amor e colaboração. Com o tempo, no entanto, percebemos que nos víamos mais como amigos e parceiros do que como marido e mulher. Assim, tomamos a difícil decisão de nos separar.

O pés descalços vai acabar

Esta não é uma história com um final infeliz, mas sim um capítulo triste que estamos superando juntos. A separação foi o nosso desafio mais difícil, marcando o fim de um livro maravilhoso, mas também o início de um novo ciclo.

Focamos em tratar essa transição de forma respeitosa e honrosa, pensando sempre no bem-estar de nossos filhos. Nossas decisões foram tomadas visando tornar esta mudança o mais suave e natural possível para eles.

Nosso desejo é que nossos filhos continuem aprendendo que o amor e o respeito devem caminhar juntos, que devem ser acolhedores e positivos, mesmo diante dos desafios.

Nem todos vão compreender, e entendemos

Estamos cientes de que nossa abordagem é diferente do habitual e que nem todos podem compreender imediatamente. Respeitamos isso, pois cada um tem seu próprio tempo e maneira de processar mudanças.

Nossa admiração e respeito mútuo permanecem inalterados. O amor ainda está presente em nossos corações, mas agora como pais e amigos.

Nosso futuro com o Pés Descalços

Em 2024, continuaremos juntos nossos projetos no ‘Pés Descalços’, incluindo cursos, produção de conteúdo e a Comunidade Pés Descalços.

O pés descalços vai acabar

Robson continuará a falar sobre simplificação da vida através do movimento Tiny House, e eu, sobre a simplificação por meio do Minimalismo na Prática.

O que faremos com a Tiny House Araraúna e o Kamecasa?

Quanto às Tiny Houses, não temos planos de nos mudarmos ou vendê-las. Continuaremos a compartilhar nosso espaço em Bombinhas, Santa Catarina, com Bel na Araraúna e eu no KameCasa, mantendo a convivência familiar.

O pés descalços vai acabar

O pés descalços vai acabar

Agradecemos imensamente por todo o apoio, carinho e compreensão que recebemos de vocês nesta nova fase de nossas vidas. Vocês são incríveis, e estamos gratos por terem nos acompanhado até aqui.

Mais uma vez, obrigado pela companhia. É um prazer enorme tê-los conosco nesta jornada!

Até breve, e fiquem atentos, pois teremos novos conteúdos.

tiny house sobre rodas brasil

Quem somos

Somos uma família que vive um estilo de vida minimalista em uma Tiny House sobre rodas projetada e construída por nós, e que compartilha conhecimento e experiência com o objetivo de empoderar pessoas em busca de uma vida simplificada e livre, através da Comunidade Pés Descalços, Mentorias e Redes Sociais.

tiny house sobre rodas brasil

QUER APRENDER?

O Pés Descalços ajuda pessoas que buscam a Simplificação da Vida através do Minimalismo na Prática e das Tiny Houses. Se você tem interesse de ter uma vida mais tranquila e quer um acompanhamento, conheça nossa Comunidade e programas de Mentoria acessando o menu acima.

 

Simplifique e Viva!

siga o pés descalços

Posts Relacionados

 

TINY HOUSE É PARA VOCÊ?

TINY HOUSE É PARA VOCÊ?

Eu pensava que era uma simples tendência, mas a Tiny House é, de fato, sinônimo de liberdade. Descobri, ao conhecer esse conceito na televisão e na internet, que ela vai muito além de uma pequena casa móvel para viagens pelo Brasil. Trata-se de um estilo de vida...

COMO APLICAR O MINIMALISMO COM CRIANÇAS?

COMO APLICAR O MINIMALISMO COM CRIANÇAS?

Uma das dúvidas mais comuns entre as mães e pais que me acompanham é como aplicar o minimalismo com crianças? Como ensinar minimalismo ao meu filho? Nesse artigo, falo um pouco sobre isso. E ao final, você pode assistir um vídeo que fiz trazendo mais detalhes. Se você...